Guiada pelo desejo incessante de explorar e ressignificar objetos descartados e pela constante pesquisa acerca das relações humanas na sociedade contemporânea -  na qual parece haver uma inversão do papel e do lugar  ocupado pelas pessoas e pelos objetos - vou construindo o meu trabalho. Com um discurso impregnado de simbologia, carga e reflexão utilizo a pintura como  linguagem principal, sem me esquivar quando outras linguagens tornam-se essenciais. As imagens selecionadas aqui documentam o desenvolvimento da minha pesquisa e produção e estão organizadas em ordem cronológica.